domingo, 1 de maio de 2016

Postulador da causa do padre Ibiapina, em Roma, visitará Santa Fé na PB. Ouça

Paroquia de Santa Inês e São Sebastiao / / 0




Paolo Vilota
Postulador Paolo Vilotta em outras visitas pelo Brasil

O bispo diocesano de Guarabira, dom Francisco de Assis Dantas de Lucena, anunciou que receberá nos próximos dias (data ainda a confirmar) a visita de uma comitiva de Roma (Itália), capitaneada pelo postulador da causa de beatificação do padre mestre Ibiapina, Paolo Vilotta.
O objetivo da visita é o de conhecer in loco a história de Ibiapina e a devoção em torno de suas obras de caridade. A equipe deve visitar o Memorial de Santa Fé, no município de Solânea (PB) a fim de coletar testemunhos, relatos e conhecer o espaço físico que guarda os restos mortais do servo de Deus.
Paolo Vilotta sucederá, na condição de postulador, o cônego Francisco Sadoc, cuja visão está bastante limitada e o padre Francisco de Assis, que faleceu.
A informação foi confirmada por Dom Lucena durante entrevista a Pastoral da Comunicação – PASCOM da Diocese de Guarabira. Ouça:
Audio Player
O padre José Antônio Maria Ibiapina nasceu em Sobral no dia 5 de agosto de 1806 e faleceu em Solânea no dia 19 de fevereiro de 1883.
Homem culto, filho de Francisco Miguel Pereira e Teresa Maria, formou-se em Direito, tendo ocupado cargos na magistratura e na Câmara dos Deputados. Decepcionado, abandonou a vida civil para seguir o catolicismo. Aos 47 anos, iniciou uma obra missionária, percorrendo a região Nordeste em missões evangelizadoras, erguendo inúmeras casas de caridade, igrejas, capelas, cemitérios, cacimbas d’água, açudes. Ensinou técnicas agrícolas aos sertanejos, atuação que inspirou no Nordeste o Padre Cícero e Antônio Conselheiro, e defendeu os direitos dos trabalhadores rurais.
O zelo apostólico do Padre José Antônio Pereira Ibiapina, no percurso do século XIX, no interior do Nordeste brasileiro, deixou marcas significativas, não apenas na organização posterior da Igreja, mas, sobretudo, na vida das pequenas comunidades desta região.
Nertan Macedo, jornalista-pesquisador sério da história sertaneja cearense, afirma que Conselheiro, possivelmente teve oportunidade de participar das pregações do Padre Ibiapina na região de Ipu, Ceará, quando ali morou e que certamente teve forte influência deste missionário. Para reforçar sua tese afirma que o tratamento de “meu Pai” e a saudação “Louvado seja N. S. Jesus Cristo” adotada por Conselheiro e seus seguidores, foram copiadas da prática ibiapiniana.
Pascom - diocese de Guarabira

0 comentários:


Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste

© 2014 Notícias. Traduzido Por :Mais Template Por Bloggertheme9
Powered by Blogger.
back to top